quarta-feira, 16 de maio de 2012

Dez dicas para organizar uma festa infantil de sucesso – da escolha das bebidas até a trilha sonora, saiba como tornar uma festa infantil inesquecível

Fête São Paulo inova no setor eventos e traz tendências internacionais para as festas no Brasil 


As festas infantis são momentos carregados de emoção, orgulho pessoal e alegria. E é por isso, que não podem ser ignoradas. Além disso, festejar o aniversário de uma criança é uma forma de lazer e atividade lúdica, que estreita os laços sociais, familiares e enriquece a auto-estima. Entretanto, muitos pais ficam dúvidas na hora de planejar a festa dos filhos. 

Com medo de comprometer o orçamento, os pais acabam priorizando itens desnecessários e deixam de investir no que é realmente essencial para o bom desenvolvimento da festa. E para ajudar no planejamento das comemorações e tornar o sonho possível, São Paulo acaba de ganhar uma nova empresa no setor de consultoria para eventos, a Fête, que oferece estrutura e apoio para organizar festas de qualquer porte. 

Com um olhar assíduo, a Fetê tem facilidade para traduzir os sonhos dos clientes e transformá-los em celebrações emocionantes e impecáveis. A empresa inova com parcerias estratégicas no exterior oferecendo o que existe de mais sofisticado para cada ocasião. 

Exigente com o mercado, a empresa concebe decorações exclusivas, coordena todos os fornecedores e acompanha pessoalmente a montagem e toda execução do evento. E para esclarecer algumas dúvidas sobre planejamento e organização das festas, a consultora em eventos de alto padrão e proprietária da Fête, Juliana Bajon, selecionou dez dicas para organizar uma festa infantil e arrancar suspiros. 

Confira. 

1 - Escolha do local 

Muitos pais ficam com dúvidas na hora de optar por um evento no buffet, residência ou qualquer outro espaço. “Os pais iniciam o projeto da festa com a escolha do local mais adequado. Muitos se iludem em acreditar que na residência sai mais em conta que os buffets. Pura ilusão! Temos sempre que ter em mente se o local na residência, ou qualquer outro espaço, possui: móveis, cozinha, som, vallet e estrutura. Caso não tenha, devemos planejar, para que a residência fique com uma estrutura perfeita no dia da festa”, afirma a consultora de eventos, Juliana Bajon. Muitas vezes, a festa na residência fica muito mais cara dependendo na necessidade de uma determinada estrutura. 

2 - Decoração 

Depois de escolhido o local, vem à escolha do tema da festa. A decoração não inclui apenas a mesa do bolo, mas também, as bexigas, flores, murais, cenografia e mesa de guloseima. Isso ajuda a complementar a cenografia da festa. “Muitos se limitam somente a mesa do bolo. Os detalhes são importantes, seja na mesa dos convidados, toalhas, acessórios de mesa, centros de mesa, paredes, forração de chão etc. Cada detalhe é fundamental na composição do tema da festa”, ensina Juliana Bajon. 

3 - Comes 

A escolha dos pratos a serem servidos vai de acordo com a época e horário das festas. Festas que ocorrem durante o horário do almoço ou jantar devem incluir um algo a mais, seja uma massinha, risoto, ave ou carne. Festas no período da tarde podem oferecer somente salgadinhos como lanche. “Já presenciei casos onde a festa inicia-se às 12 horas somente com salgadinhos sendo servidos, onde os convidados esperam sempre um "algo a mais" que acaba não chegando. Vale a pena acrescentar nestes casos um prato ou "finger food". Vale a pena também prestar atenção se a comida apresenta um cheiro forte para os convidados. Muitos fornecedores colocam as barraquinhas perto dos convidados ou não se preocupam com a distancia em que foram fritos (caso serviço seja volante) e o ambiente acaba cheirando fritura ou cheiro forte da comida”, relata a consultora de eventos. 

4 - Bebidas 

Cuidado com as bebidas e principalmente a temperatura. É importante ter cautela na escolha das bebidas e, de preferência, que seja a mesma durante toda a festa. 
“Já vi casos onde até metade da festa servem um tipo de prosecco e depois outro. Já presenciei várias festas onde se misturam mais de 2 a 3 tipos. Meu conselho é que seja sempre de 1 tipo: 1 marca e tipo de champanhe, 1 marca e tipo de vinho etc. Misturando 3 tipos de champanhe, por exemplo, não dá certo. Muitos pais não se preocupam com as condições em que as bebidas são servidas. Já presenciei dezenas de festas com decoração impecável mas onde as bebidas eram servidas quentes. A festa acaba não sendo bem sucedida por um detalhe muito pequeno e fácil de ser corrigido”, orienta. 

5 - Bolo / Doces 

A conta adequada de doces geralmente é de 6 a 7 doces por convidado. Já o bolo, deve ser bem menor do que a quantidade total de convidados. Por exemplo, numa festa de 100 pessoas, o adequado seria por volta de 600 a 700 docinhos e um bolo para cerca 60 a 70 convidados. “Vale a pena alguém monitorar a mesa do bolo. Na maioria das festas, os convidados pegam os doces da mesa e na hora dos parabéns a mesa fica repleta de forminhas vazias. O ideal é ter alguém responsável para repor o que vai saindo da mesa. Isso é muito comum em casamentos, mas em festas infantis, é bem raro os pais se preocuparem. Mas, cantar parabéns e fotografar uma mesa vazia de doces não é legal”, conta a consultora em eventos da Fête. 

6 - Atrações 

Cuidado na escolha das atrações da festa. O ideal é que haja tanto atrações para distrair as crianças como também para distrair os adultos. “Os adultos sempre reclamam da "mesmice" das festas infantis. Vale a pena investir em alguma brincadeira ou distração para os adultos. Outra dica é que no caso de qualquer uma das duas, que não se pare a festa. É desagradável que o som seja interrompido por uma atração somente para crianças, e por um longo período. O ideal é que a festa não pare”, oriente Juliana Bajon. 

7 - Serviço durante a festa 

Os pais devem contratar antes da festa, ou combinar com algum funcionário no caso de buffet, para que fiquem atentos aos detalhes, como a condição dos banheiros, a limpeza do chão, condições dos alimentos e bebidas e a maneira em que eles são servidos. A qualidade e velocidade do serviço devem estar sincronizadas com o desenrolar da festa. Por exemplo, não adianta uma decoração perfeita, comida e bebida de alta qualidade e se não são servidos adequadamente aos convidados. “Todo detalhe é fundamental para o sucesso de uma festa”, completa Juliana Bajon. 

8 - Cuidado com o som 

Na maioria das festas infantis, ou toca somente musica infantil, o que torna o ambiente muito cansativo, ou não se coloca música nenhuma. “Sugiro que toda festa tenha som, e que seja uma boa mescla para agradar a todos os gostos e idades. A falta de som faz com que os convidados só escutem o barulho dos outros convidados e das crianças. E a presença de um mesmo tipo de música cansa até mesmo as próprias crianças. É necessário mesclar para agradar, alegrar e suavizar o ambiente”, ensina a consultora de eventos. 

9 - Lembrancinhas 

Muitas mães optam por entregar lembrançinhas somente para as crianças e se esquecem dos adultos e de casais sem filhos. Uma forma de presentear os adultos é com a mesa de guloseimas. “Os adultos adoram levar uma sacolinha cheia de doces. Meu conselho é que não falte lembrançinhas. Já presenciei casos onde um adulto é impedido de levar uma lembrançinha e a pessoa até chega a tirar da mão do convidado por ele não estar com uma criança. Não foi nada agradável! Não se esqueçam de um cartãozinho de agradecimento”, orienta Juiliana. 

10 - Registro 

A última dica, e a principal, é o registro da festa seja por fotografia ou filmagem e até ambos. “Muitos pais acreditam que é desnecessário fotografar ou que alguém da família consegue registrar todos os momentos. Meu conselho é contratar uma pessoa para tratar do registro, especificamente, para que não haja nenhuma foto ou filmagem perdida. O registro é a nossa principal forma de memória e que nossos filhos passarão de geração em geração. Vale a pena registrar o momento!”, afirma a consultora de eventos, Juliana Bajon. 

Mais informações através do site www.fetesaopaulo.com.br

2 comentários:

  1. Parabéns pela estrutura e conteúdo de seu blog, forte abraço, Renato artesanato em mdf

    ResponderExcluir
  2. Tendências internacionais traz uma nova visão do mercado de decoração infantil e nos enriquecem com conhecimento inovador.

    ResponderExcluir